[Resenha] A Garota Inglesa @editoraarqueiro


Madeline Hart é uma estrela em ascensão no governo britânico: linda, inteligente, com uma trajetória de enorme sucesso após uma infância pobre. Mas ela também guarda um segredo obscuro – é a amante do primeiro-ministro Jonathan Lancaster. E isso é tudo que os sequestradores dela precisam saber para chantagear o premier e fazê-lo pagar caro por seus pecados, ameaçando Madeline de morte.Temeroso de um escândalo, Lancaster decide lidar com o caso sem envolver a polícia inglesa. É uma manobra perigosa, especialmente para o agente que conduzirá a busca pela garota. Porém, operações mortais com alto risco político não são novidade para o espião israelense Gabriel Allon.
À medida que se aproxima o dia da execução de Madeline, Gabriel mergulha em uma angustiante empreitada para resgatá-la. Mesmo sob pressão, ele está certo de que será bem-sucedido, até que os acontecimentos se desenrolam de forma chocante, e nem mesmo o leitor estará preparado para o que Daniel Silva lhe reserva.




 

A Garota Inglesa
Gabriel Allon - 13
Daniel Silva
Ano: 2015
Páginas: 336
Editora: Arqueiro





Já imaginou começar uma série no décimo terceiro volume? Pois foi isso que aconteceu comigo ao ler "A Garota Inglesa" de Daniel Silva. Mas não prejudicou em nada a leitura, apenas aumentou a minha curiosidade para conhecer mais da vida desse espião israelense.

Gabriel, como todo espião que se preze, tem um passado torturado e inimigos espalhados pelo planeta. Existe um fato do passado que volta e meia aparece na sua memória, atormentando-o continuamente.

Jonathan Lancaster recorre a Gabriel para solucionar o sequestro de sua amante, sem que ocorra escândalos à Coroa Britânica. Para tal Gabriel monta uma equipe nada convencional para ajudá-lo nessa empreitada.

Só que nem Lancaster, nem Gabriel imaginavam que o sequestro de Madeline seria muito maior que um escândalo da vida privada do primeiro ministro. Existem inimigos antigos de Gabriel por detrás de todo o planejamento do crime, visando um golpe de proporções mundiais.

Como Gabriel Allon irá solucionar esse caso sem perdas de vidas e sem que a notícia seja repercutida em toda a mídia global? Leia e descubra a solução criada pelo autor.

Posso afirmar que a escrita do Daniel me impressionou em diversos fatores: o detalhamento das missões, a pesquisa feita em torno do 'modus operandi' das Inteligências Britânicas e Israelense, o gancho criado para inserir no enredo a antiga União Soviética, entre outros.

Ao longo da leitura fiquei me perguntando como são na vida real esses homens e mulheres que se dedicam ao extremo para manter os seus países a salvo da ameaça terrorista. É uma vida extremamente desgastante, com certeza!

São muitos personagens, não vou me ater em citá-los, mas todos bem construídos e com facetas interessantes para o desenrolar da trama.

Particularmente, não curti essa capa, mas é coerente com o enredo. Fonte e diagramação boas.

Com um enredo muito bom e fundamentado, Daniel Silva mudou meu conceito de livros sobre espionagem. Para os fãs do gênero, deixar de conhecer a escrita do Daniel é perder uma ótima leitura.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

© Cantinho da Gladys - 2012. Todos os direitos reservados.
Criado por: Ana Zuky.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo