Pra começar a semana bem...




Leia Mais ► ► ►

Cantinho dos Quotes #2


Diagnosticado com uma doença terminal, Jack passa seus últimos dias se despedindo da esposa Lizzie e de seus três filhos.

Inesperadamente, uma nova tragédia se abate sobre a família: Lizzie sofre um acidente de carro e morre. Com isso, as crianças são obrigadas a morar com outros parentes.

Quando tudo parecia perdido, Jack se cura e reencontra seus filhos. Num verão inesquecível, ele luta para reconstruir a família e reaprende a amar.

Um Certo Verão


Oie pessoal, animados com o domingo?

Vamos para mais uns quotes do livro Um Certo Verão. A resenha pode ser conferida aqui.

"Mais de três décadas de vida, o casamento, a paternidade, a defesa da pátria e o trabalho duro, tudo isso havia se reduzidi a marcar os poucos dias que ainda lhe restavam."

"- Eu conserto coisas, É isso que faço na vida.
 - Algumas coisas não podem ser consertadas com martelo e prego."

"Ações valem mais que palavras, É no dia a dia que realmente se expressa o amor."

" - A coisa mais difícil do mundo é se colocar no lugar de outra pessoa, tentar sentir o que ela sente, entender os motivos dela. Sobretudo quando é tão fácil simplesmente rotulá-la."

"- Na verdade, é contra a lei um pai odiar a filha."

"O mundo seria um lugar bem melhor se as pessoas vivessem como se todos os dias fossem o último, pensou."

http://meuhobbyliterario.blogspot.com.br/2015/03/top-comentarista-mar15.html#.VRIDFOGfjIU


Leia Mais ► ► ►

Li no Kindle#21 "Manuscritos do Mar Morto" (@Novo_Conceito)

A ambiciosa policial Heather Kennedy está em seu trabalho mais difícil: seus métodos de investigação são criticados e ela está sendo assediada por colegas rancorosos porque não lhes dá atenção.
Até que lhe é atribuída o que parece ser uma investigação de rotina, sobre a morte acidental de um professor da Faculdade Prince Regent, mas a autópsia deste caso volta com algumas descobertas incomuns: o inquérito vincula a morte deste professor às de outros historiadores que trabalharam juntos em um obscuro projeto sobre um manuscrito do início da Era Cristã.
Em seu escritório, Kennedy segue com sua investigação e logo se preocupa com o rumo para onde está sendo levada. Mas ela não está sozinha em sua apreensão. O ex-mercenário Leo Tillman — seu futuro parceiro — também tem angustiantes informações sobre estes crimes. E sobre a misteriosa organização mundial a que os crimes se relacionam… Escondido entre os pergaminhos do Mar Morto, um códice mortal pretende desvendar os segredos que envolvem a morte de Jesus Cristo.
Entre um terrível acidente de avião no deserto americano, um brutal assassinato na Universidade de Londres e uma cidade-fantasma no México, Manuscritos do Mar Morto é o mais emocionante thriller desde O código Da Vinci.


Manuscritos do Mar Morto




Manuscritos do Mar Morto
Leo Tillman & Heather - Livro 01
Adam Blake
Ano: 2013
Páginas: 480
Idioma: português
Editora: Novo Conceito




Oi amiguinhos, todos bem?

Esse livro foi um desafio pra mim, já que foi algo diferente da chamada “zona de conforto”, que todo leitor tem. Sempre tem um estilo que nos agrada mais que outros. E thriller na pegada de Código Da Vinci, não é algo corriqueiro para mim.

Heather Kennedy é uma policial rejeitada pelos colegas de trabalho, devido a um incidente que ocorreu há um certo tempo, algo que não poderia ser mudado devido a sua ética e senso de justiça. Por isso recebe trabalhos sem muita importância ou que nenhum outro policial queira fazer.

Depois que a autópsia do professor Stuart Barlow, que trabalhava em uma renomada Universidade de Londres, acusou homicídio, contrariando o relatório dos policiais que investigaram três semanas antes e deram o laudo de morte acidental por ter caído de uma escada, o chefe da Divisão jogou o abacaxi nas mãos de Heather para descascá-lo e resolver tudo com a ajuda de um detetive novato. Heather não poderia ficar mais animada.

Paralelo a esses fatos, temos Leo Tillman, um ex mercenário, que busca de todos os modos encontrar sua família desaparecida, de forma misteriosa, e fazer justiça com as próprias mãos. Nessa busca que já ocorre há 13 anos, Leo descobriu um nome: Michael Brand e nada mais. Brand é uma incógnita, só depois da trama ter avançado bastante que descobrimos a sua verdadeira identificação e quais são as suas reais motivações.

A narração começa no núcleo de Kennedy até o ponto que Heather e Leo se conhecem e começam a “trabalhar” juntos para encontrar Michael Brand e juntar todas as pontas soltas que ambos encontraram em suas investigações. Não é um romance, nem amizade, é apenas uma caçada a um homem que deixa um rastro de morte por onde passa.

Existe muito pano de fundo histórico, explicações sobre manuscritos antigos, gnosticismo e um suposto Evangelho de Judas.

Todos os personagens são bem construídos e importantes no desenrolar dos fatos. São muitos personagens, pois ainda tem outra situação paralela a tudo isso, que é a queda de um avião no deserto do Arizona.

Não é um livro arrebatador, mas consegue prender o leitor a cada virada de página, no meu caso teclada no dispositivo, rs.

Quem já leu, curtiu? Quem pretende ler?  




Quotes:

Quando se tratava de matar, Tillman era preciso e profissional, e sua escolha de drogas refletia isso.

Quando um homem poderoso se vê indefeso, a força se torna fraqueza.

As primeiras seitas cristãs estavam em guerra umas contra as outras, e frequentemente contra os governos locais também. Tinham todas as razões do mundo para esconder mensagens.

Leitura que fiz no mês de fevereiro para o desafio “Alphabet Soup Reading Challenge”



http://meuhobbyliterario.blogspot.com.br/2015/03/top-comentarista-mar15.html#.VROBgeGfjIU


Leia Mais ► ► ►

Li no Kindle # 20 "Um Certo Verão" (@editoraarqueiro)


Diagnosticado com uma doença terminal, Jack passa seus últimos dias se despedindo da esposa Lizzie e de seus três filhos.
Inesperadamente, uma nova tragédia se abate sobre a família: Lizzie sofre um acidente de carro e morre. Com isso, as crianças são obrigadas a morar com outros parentes.
Quando tudo parecia perdido, Jack se cura e reencontra seus filhos. Num verão inesquecível, ele luta para reconstruir a família e reaprende a amar.


Um Certo Verão 
Um Certo Verão
Como começar de novo quando o amor de sua vida se foi?
David Baldacci
Ano: 2013
Páginas: 271
Editora: Arqueiro





Oie pessoal!
Vamos conferir a leitura que fiz no mês de fevereiro para os desafios: “no clima do mês” e “desafio literário 2015”.

O protagonista Jack Armstrong, ex militar, sofre de uma doença terminal sem probabilidade alguma de cura. Essa situação torna-se insustentável para o seu relacionamento familiar, principalmente com a sua primogênita Mikki. Ele então resolve escrever algumas cartas para sua esposa Lizzie, uma forma de despedir-se e confortá-la após a sua iminente morte.

Mas a tragédia acontece na família Armstrong de outra forma, na véspera de Natal, Lizzie sai de carro para comprar os remédios de Jack e acaba sofrendo um terrível acidente fatal. Jack fica desnorteado, pois não sabe o quê será do futuro de seus três filhos, além da grande dor que sente ao perder o seu grande amor.

A família da Lizzie entra em cena e encaminha Jack para um asilo, para morrer longe dos filhos. Fazem um arranjo para abrigar cada uma das crianças, tudo isso sem levar em consideração a opinião de Jack e seus filhos.

No asilo acontece algo inesperado Jack começa a recuperar-se, chegando a total cura! Os médicos estão céticos e ninguém encontra uma resposta científica para o seu caso. Jack, contra a sua vontade, passa a ser chamado pela mídia como: homem milagre.

Diante dessa segunda chance, milagrosamente, recebida, Jack luta para voltar a sua melhor forma física e resgatar seus filhos das mãos dos familiares da esposa. Uma herança inesperada chega para Jack, que resolve utilizá-la, realizando o último desejo de Lizzie, que era passar um verão na cidade que viveu a sua infância.

A casa apelidada de Palácio, fica à beira mar e tem um farol em seu 'quintal'. Local muito especial para Lizzie quando criança e que possui uma história bem particular.

Agora Jack está diante do maior desafio da sua vida: unir-se novamente aos seus filhos, como anteriormente, mas sem a presença fundamental de Lizzie.

É o primeiro livro que li do Baldacci. O autor é aclamado por seus suspenses, mas "Um Certo Verão" é um drama familiar. A escrita é fluída e simples, direta e sem rodeios. A carga emocional que foi imposta sobre a vida de Jack, não tornou o enredo pesado, consegui lê-lo numa boa.

Os personagens secundários são bem estruturados e possuem um papel importante no desenrolar dos fatos. O relacionamento de Jack com a filha mais velha e com a sua sogra Bonnie, são destaques.

Se você gosta de um drama bem desenvolvido, sem exageros, essa é uma boa pedida! =D




Quotes:

"Às vezes viver era mais difícil do que morrer, pensou."

"- Quando você ama alguém, é para sempre."

"O amor foi feito para ser compartilhado, não escondido, nem guardado."

"- Acho que tudo é mais fácil de consertar do que relacionamentos . Mas isso não significa que eles possam ser ignorados."

 http://meuhobbyliterario.blogspot.com.br/2015/03/top-comentarista-mar15.html#.VRIDFOGfjIU

Leia Mais ► ► ►

[Promoção] Aniversário do Blog Felicidade em Livros

Exibindo Slide1.JPG


O blog Felicidade em livros completou 2 anos de existência e não pode deixar de ter festa com os blogs amigos!

Regras Gerais:

1. Ter endereço de entrega em território nacional;
2. A promoção começa em 25/03/2015 e será finalizada em 25/04/2015;
3. Responder o e-mail de contato no período de 48 horas após o sorteio. Caso
não haja resposta, o kit será sorteado novamente;

Distribuição dos prêmios:

1º lugar: escolherá 7 entre as 11 opções;
2° lugar: escolherá 3 entre as 4 opções restantes;
3° lugar: ficará com o prêmio que restar.


 Segue a lista de prêmios e os blogs responsáveis:

Felicidade em Livros: O Casamento
Romances & Sonhos: Terra de Histórias + marcadores
Moda e Eu: Garota on line
Tô Pensando em Ler: Entre Quatro Poderes
Meu Jardim de Livros: A minha vez de brilhar
Fábrica dos Convites: Lições de Vida
In the Sky: A máquina de contar histórias
A Magia Real: Amaldiçoados + marcadores
Cantinho da Gladys: O sonho de Eva
Planet Pink: kit papelaria + marcadores
Cantar em Verso: Azares e Sortes


Sobre o envio:

 1. Os prêmios serão enviados de forma separada, com cada blogueiro responsável pelo livro que cedeu. Os blog’s terão um prazo de até 30 dias corridos para ENVIAR o livro ao ganhador, começando a contar a partir do dia em que o resultado for publicado;
 2. Nenhum blog se responsabilizará por eventuais extravios, roubos ou perdas da transportadora;
3. Caso algum dos ganhadores forneça dados errados e o livro retornem ao remetente, não será feito um segundo envio;
4. O ganhador que descumprir alguma das regras, ou for sorteado com uma entrada não obrigatória que não tenha sido cumprida, será desclassificado. 

ATENÇÃO: perfis fakes ou utilizados apenas para participar de promoções serão desqualificados.


"Pessoal,o Raffle mudou algumas nomenclaturas de suas entradas, validar as páginas do face deverão ser curtidas, isso garante sua pontuação e mais ainda, você leitor, sempre terá um bom conteúdo em sua timeline!"

Agora chega de lenga-lenga e boa sorte pessoal, participem muuuuuuuuuuuuito, espalhem a boa nova e tenham a sua “Felicidade em Livros”.

 
Leia Mais ► ► ►

Resenha #38 A Teoria de Tudo (@UnicaEditora)

A história de Stephen Hawking é contada pela luz da genialidade e do amor que não vê obstáculos. Quando Jane conhece Stephen, percebe que está entrando para uma família que é pelo menos diferente. Com grande sede de conhecimento, os Hawking possuíam o hábito de levar material de leitura para o jantar, ir a óperas e concertos e estimular o brilhantismo em seus filhos entre eles aquele que seria conhecido como um dos maiores gênios da humanidade, Stephen.
Descubra a história por trás de Stephen Hawking, cientista e autor de sucessos como Uma breve história do tempo, que já vendeu mais de 25 milhões de exemplares. Diagnosticado com esclerose lateral amiotrófica aos 21 anos, enquanto conhecia a jovem tímida Jane, Hawking superou todas as expectativas dos médicos sobre suas chances de sobrevivência a partir da perseverança de sua mulher. Mesmo ao descobrir que a condição de Stephen apenas pioraria, Jane seguiu firme na decisão de compartilhar a vida com aquele que havia lhe encantado. Ao contar uma trajetória de 25 anos de casamento e três filhos, ela mostra uma história universal e tocante, narrada sob um ponto de vista único.
Stephen Hawking chega o mais próximo que alguém já conseguiu de explicar o sentido da vida, enquanto Jane nos mostra que já o conhecia desde sempre: ele está na nossa capacidade de amar e de superar limites em nome daqueles que escolhemos para compartilhar a vida. O livro que inspirou o emocionante filme A Teoria de Tudo.
A Teoria de Tudo 


A Teoria de Tudo
A extraordinária história de Jane e Stephen Hawking
Jane Hawking
Ano: 2014
Páginas: 448
Editora: Única







Oie pessoal, tudo bem?

Vamos conhecer as impressões que tive ao ler A Teoria de Tudo?


É um livro biográfico, onde temos o ponto de vista de Jane Hawking sobre os 25 anos que passou casada ao lado do cientista Stephen Hawking, portador de ELA, esclerose lateral amiotrófica.

É difícil resenhar uma biografia, já que o texto não é uma ficção, mas o retrato de algo que aconteceu e que envolveu pessoas e consequentemente suas emoções e sentimentos.

Jane conheceu Stephen muito jovens, ela ainda cursava a faculdade, enquanto ele já dava os primeiros passos em sua jornada intelectual. É algo admirável saber que Jane aceitou Stephen com suas limitações, a doença já tinha sido diagnostica e o futuro não era em nada promissor. Mas contra todas as probabilidades e contra a oposição da família de Stephen Hawking, eles se casaram.

A família de Stephen é totalmente inusitada, não sei como Jane conseguiu aguentá-la por tantos anos. Não foram totalmente ausentes com o cuidado ao filho doente, mas deixaram a desejar, e muito, nesse e em outros aspectos. Totalmente o oposto da família de Jane, que foi um dos seus apoios durante essa jornada tão pesada.

Por um determinado período foram um casal feliz, mas a personalidade complicada de Stephen impulsionou a crise no casamento. Tinha uma imagem diferente do Stephen, não sabia que era tão autoritário, mas acho que esse seja o defeito da maioria dos gênios.

Jane cuidava de todos os assuntos relacionados à frágil saúde do marido, engravidou 3 vezes ( a terceira gravidez me pergunto como, devido as limitações físicas de Stephen), cuidava da casa como toda esposa dos anos 60 e ainda conseguiu encontrar tempo para estudar!

Enquanto Stephen ganhava mais e mais notoriedade no âmbito científico e acadêmico, seu ambiente familiar se deteriorava vertiginosamente. Stephen recusava-se a conversar com a esposa sobre a doença, não admitia de forma alguma que pessoas estranhas cuidassem dele, sobrecarregando a esposa/amigos/alunos. Era uma dinâmica familiar estafante e enlouquecedora.

Ao longo dos anos o casal contou com a ajuda de muitas pessoas, que foram fundamentais para a sobrevivência de Stephen, pois o mesmo dependia de ajuda para tudo, desde a tarefa mais simples a ser realizada. Quando enfim, aceitou uma equipe de enfermeiros cuidadores, Stephen já tinha mais de uma década de casado.

O curioso é que diante do temperamento de Stephen e da forma de se relacionar com a esposa, que chegou em um momento da narração metaforizá-lo como "senhor e servo", Jane ainda o defendeu quando discorre sobre os momentos de tensão que antecederam ao divórcio.

Abnegação é a palavra que pode definir Jane. Ela foi corajosa ao decidir casar com um homem portador de uma doença degenerativa e severa, mas não consigo caracterizá-la apenas, por sua bravura. Fazer o que fez, negar suas ambições profissionais por tantos anos, chegar a exaustão e viver por anos assim, definitivamente, não é para qualquer pessoa.

Jane amou Stephen, e esse amor sugou tudo dela por muito tempo. Se Stephen, na minha humilde opinião, a amasse no mesmo patamar, as coisas teriam tido outro fim...

Algo que me incomodou ao longo da leitura, foi o excesso de detalhes. Jane é extremamente detalhista! A sensação que tive, foi de ler um diário de alguém minucioso. E qual não foi a minha surpresa ao ler nos agradecimentos que "A Teoria de Tudo" são as memórias condensadas do primeiro livro de memórias de Jane. Fiquei imaginando a quantidade de páginas, rsrs.

É um livro muito rico de informações. Jane explana os estudos de Stephen, em alguns momentos aborda a sua tese (que levou mais de 10 anos para ser escrita), comenta sempre do momento político, algumas informações geográficas e por aí vai. Como disse ela é minuciosa na prosa.

Se você olhar com atenção a capa do livro, verá que ao lado direito tem uma igreja e no esquerdo um cemitério. O criador da capa foi bem perspicaz com esses detalhes, já que Jane os aborda em um trecho do enredo. As folhas são amareladas, se o tamanho da fonte fosse um pouco maior seria mais confortável a leitura, mas sei que se isso ocorresse, a quantidade de páginas poderia dobrar!

Fiquei dividida na pontuação das estrelas. Não me sinto na categoria de classificar a vida de alguém. Normalmente quando leio biografias, classifico com 5 estrelas, mas como acredito que poderia ter-se resumido muitos episódios, achei por bem dar 4 estrelas.


Ao finalizar a leitura, fiquei pensando nas dificuldades dos portadores de necessidades especiais, da grande tensão que seus familiares sofrem ao buscar ajuda para suprí-las e só encontrar 'porta na cara'. Refletir muito se estivesse na situação de Jane: o quê eu faria de diferente, o quê faria igual? E cheguei a conclusão que, por mais que faça suposições, jamais saberei, pois ao contrário da racional matemática de Stephen, a área sentimental não é engessada, mas variável de acordo as convicções de cada um. 

Quer conferir essa grande história? É só participar do Top Comentarista deste mês, =D


Exemplar cedido gentilmente pela Editora Única. Encaixei no Desafio Alphabet Soup Reading Challeng.

Leia Mais ► ► ►

Pra começar a semana bem...



Leia Mais ► ► ►

[Degustação] "A Mais Pura Verdade" @Novo_Conceito

Em todos os sentidos que interessam, Mark é uma criança normal. Ele tem um cachorro chamado Beau e uma grande amiga, Jessie. Ele gosta de fotografar e de escrever haicais em seu caderno. Seu sonho é um dia escalar uma montanha.
Mas, em certo sentido um sentido muito importante , Mark não tem nada a ver com as outras crianças.
Mark está doente. O tipo de doença que tem a ver com hospital. Tratamento. O tipo de doença da qual algumas pessoas nunca melhoram.
Então, Mark foge. Ele sai de casa com sua máquina fotográfica, seu caderno, seu cachorro e um plano. Um plano para alcançar o topo do Monte Rainier.Nem que seja a última coisa que ele faça.
A Mais Pura Verdade é uma história preciosa e surpreendente sobre grandes questões, pequenos momentos e uma jornada inacreditável.

A Mais Pura Verdade 

A Mais Pura Verdade
Nunca é tarde demais para viver a maior aventura da nossa vida
Dan Gemeinh
Ano: 2015
Páginas: 224
Editora: Novo Conceito 



Oi pessoal, tudo bem?

Também recebi esse folheto da Editora Novo Conceito com os primeiros capítulos e postarei para vocês a minha opinião sobre essa trama.

Mark é um garotinho que luta contra o câncer já tem um tempo, entre altos e baixos, momentos de melhora e piora do seu quadro clinico, por fim recebe a infeliz notícia que o câncer retornou. Tirando essa terrível situação, nosso protagonista é um garoto normal, tem pais amorosos que cuidam do seu bem estar, um fiel companheiro, que é o seu cachorrinho e uma melhor amiga, que o conhece desde pequenininho.

Diante desta situação, Mark resolve fugir de casa e realizar seu sonho de escalar as montanhas do
Monte Rainier. Para isso leva apenas o que julga ser necessário em sua mochila e o seu cachorrinho Beau. Ninguém sabe de nada, Mark planejou tudo sozinho e sabe que aventurar-se nesse nível é algo que não tem volta.

Só que a sua grande amiga Jessie, desconfia dessa atitude tão drástica e depois de ler um haicai (um tipo de poema com regras pré determinadas), que Mark deixou no lugar secreto deles, junta as peças e descobre o real paradeiro da aventura de Mark.

Jessie fica em conflito, deve contar aos pais de Mark e trazê-lo em segurança para casa ou deixar que seu melhor amigo realize o seu maior sonho antes do inevitável?

Durante o percurso para o Monte Rainier, Mark passa por várias situações, chegando a por a sua vida em risco, mas ele está determinado a fazer essa escalada e luta com todas as suas forças.

O quê dizer de uma trama que aborda uma doença terminal? Claro que é comovente, mas o autor desenvolveu o protagonista tão bem, que sente-se as suas dores, tristezas e impotência diante do agravo da doença e da sua iminência morte, sem exageros. Mark está doente, mas tem muita vontade de viver e demonstra através de sua garra e determinação.

A narração é em primeira pessoa e algo que achei bem inovador, são os capítulos fracionados. A diagramação está boa, folhas amareladas e a capa está bem relacionada com o enredo.



Lançamento previsto para 23 de março, tenho certeza que ficou curioso para saber como vai terminar a grande aventura da vida de Mark.

http://meuhobbyliterario.blogspot.com.br/2015/03/top-comentarista-mar15.html#.VQ5IFOGfjIU



Leia Mais ► ► ►

Cantinho dos Quotes #1 (@UnicaEditora)

A história de Stephen Hawking é contada pela luz da genialidade e do amor que não vê obstáculos. Quando Jane conhece Stephen, percebe que está entrando para uma família que é pelo menos diferente. Com grande sede de conhecimento, os Hawking possuíam o hábito de levar material de leitura para o jantar, ir a óperas e concertos e estimular o brilhantismo em seus filhos entre eles aquele que seria conhecido como um dos maiores gênios da humanidade, Stephen.

Descubra a história por trás de Stephen Hawking, cientista e autor de sucessos como Uma breve história do tempo, que já vendeu mais de 25 milhões de exemplares. Diagnosticado com esclerose lateral amiotrófica aos 21 anos, enquanto conhecia a jovem tímida Jane, Hawking superou todas as expectativas dos médicos sobre suas chances de sobrevivência a partir da perseverança de sua mulher. Mesmo ao descobrir que a condição de Stephen apenas pioraria, Jane seguiu firme na decisão de compartilhar a vida com aquele que havia lhe encantado. Ao contar uma trajetória de 25 anos de casamento e três filhos, ela mostra uma história universal e tocante, narrada sob um ponto de vista único.

Stephen Hawking chega o mais próximo que alguém já conseguiu de explicar o sentido da vida, enquanto Jane nos mostra que já o conhecia desde sempre: ele está na nossa capacidade de amar e de superar limites em nome daqueles que escolhemos para compartilhar a vida. O livro que inspirou o emocionante filme A Teoria de Tudo.

Olá galera, como está domingão?

Estou lendo A Teoria de Tudo e um livro de 448 não tem como selecionar apenas 3 quotes para colocar na resenha, portanto resolvi fazer essa coluna, que a princípio será quinzenal.

Espero que gostem dos trechos selecionados e a resenha sai ainda essa semana. Lembrando que este é o livro do Top Comentarista de março, tá esperando o quê para participar???!

"Por causa da sua doença, qualquer relação com ele seria, sem dúvida nenhuma, precária, de curta duração e, provavelmente, de partir o coração. Poderia eu ajudá-lo a realizar-se e a encontrar a felicidade, ainda que breve?"

"Mesmo assim, possivelmente pela influência de minha mãe, eu estava convencida de que tinha mais no céu e na terra do que havia na fria e impessoal filosofia de Stephen... O que o ateísmo faria seria destruir a nós dois."

"Quando se luta contra o destino, apenas os grandes temas - a vida, a sobrevivência e a morte -são de real importância."

"Fiquei confusa com essas ocorrências e me perguntei por que a família de Stephen, entre todas as pessoas, parecia tão empenhada em minar nosso relacionamento e a nossa felicidade, especialmente quando ele era dependente de mim para grande parte de sua existência cotidiana."

"Apenas uma vez eu tive coragem de falar de meus problemas - com a máxima cautela - para Thelma Thatcher. Sua resposta, se não uma rejeição, foi decisiva em sua gravidade.
- Jane - ela disse - vou dizer a você o que sempre costumo falar quando as coisas não podem ser alteradas, conte as bênçãos."

Acho que deu para "sentir" um pouco o clima da história, na resenha colocarei mais alguns quotes.

http://meuhobbyliterario.blogspot.com.br/2015/03/top-comentarista-mar15.html#.VQ49_eGfjIU




Leia Mais ► ► ►
© Cantinho da Gladys - 2012. Todos os direitos reservados.
Criado por: Ana Zuky.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo